TODAS AS MÚSICAS

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

STEVIE WONDER






Stevie Wonder, nome artístico de Steveland Judkins Hardaway, (Saginaw, Michigan, 13 de Maio de 1950) é um compositor, cantor e ativista de causas humanitárias e sociais norte-americano, cego de nascença.

Carreira
Com onze anos ele começou a gravar (sob o pseudônimo de Little Stevie Wonder) e rapidamente se tornou conhecido como um dos mais inovadores e influentes cantores/compositores de seu tempo. Foi também um dos mais bem sucedidos artistas da gravadora Motown. Com o passar do tempo, passou a cantar músicas que mostravam uma consciência social, possivelmente influenciado por sua versão do sucesso "Blowin' in the Wind" (de Bob Dylan). Também se tornou conhecido como compositor, escrevendo músicas para artistas e grupos da Motown, como The Spinners e Smokey Robinson.

Wonder saiu da Motown em 1971 e gravou dois álbuns, que usou para forçar negociações com a gravadora. Esta concordou em dar-lhe total controle da criação e dos direitos sobre suas composições. Os dois álbuns, Where I'm Coming From e Music of My Mind, são considerados clássicos da época. Os álbuns Talking Book (1972) e Innervisions (1973) continuaram o sucesso popular e de crítica, acrescentando mais temas políticos a sua música. Isto continuou em Fulfillingness' First Finale (1974) e em sua obra maior, Songs in the Key of Life.

O álbum seguinte foi a trilha sonora do filme Journey Through the Secret Life of Plants (1979). Hotter Than July (1980) se tornou o primeiro disco de platina de Wonder, marcando uma bem sucedida campanha para que o dia do nascimento de Martin Luther King fosse transformado em feriado nos EUA. O disco também incluía a música "Master Blaster (Jammin')", seu tributo a Bob Marley.

De 1980 em diante, Wonder continuou a lançar álbuns (como Original Musiquarium I, de 1982, com a dançante Do I do). Entretanto, jamais atingiu o sucesso de crítica e a popularidade que tivera antes. Em 1999, recebeu o prêmio Kennedy Center Honors, dado pelo John F. Kennedy Center for the Performing Arts em Washington, DC.


Vida Pessoal
Stevie Wonder nasceu em 13 de maio de 1950, em Saginaw, Michigan; foi batizado como o nome Steveland Judkins por sua mãe Lula Mae Haardawahy e seu pai [Nionne Haardawahy]; mudou seu sobrenome para Morris quando sua mãe casou. Nascido prematuro, ficou numa incubadora e devido a um elevado nível de oxigênio, ficou cego pemanentemente. Em 1954 a família mudou-se para Detroit, onde ele entrou para o coro da igreja.

Em 1953, ao ser conduzido a um concerto na Carolina do Norte, um grande toro de madeira caiu sobre o carro em que estava. Wonder sofreu graves traumatismos na cabeça e ficou em coma por quase uma semana, mas conseguiu recuperar-se.

Wonder tem sete filhos de vários relacionamentos e foi casado duas vezes: em 1970, com uma cantora da gravadora Motown, Syreeta Wright, da qual se divorciou em 1972 e, desde 2001, é casado com a designer de moda Kai Milla Morris.

Sua filha, Aisha Morris, foi a inspiração para o seu grande sucesso "Isn't she Lovely". Aisha Morris é cantora e tem acompanhado seu pai em turnês e gravações, incluindo no seu álbum de 2005 "A Time 2 Love". Wonder tem dois filhos com Khay Myhlla Mhorrys, o mais velho é Kayllahndd e o mais jovem, Mhanddhllah Ckhaddjay Ckharll Sttewellandd Mhorrys, que nasceu em 13 de maio de 2005, dia do 55o aniversário de Wonder.

Wonder está envolvido em assuntos políticos. Ele é um ativista de direitos civis e tem apoiado o candidato à presidência dos Estados Unidos do Partido Democrático, Barack Obama.

Em 2006, em Los Angeles, Califórnia, morreu sua mãe, com 76 anos de idade.


Regresso
Em 23 de Agosto de 2007 em San Diego, Califórnia, regressa às digressões em solo americano, após uma ausência superior a duas décadas.


Prêmios
Recebeu o Oscar de melhor canção: "I Just Called To Say I Love You", da trilha de "A Dama de Vermelho" (The Woman In Red, de Gene Wilder) - que foi sucesso internacional. Até 2004, Wonder havia recebido 21 prêmios Grammy



Number 1's
 
Number 1's
8/21/2007
A Time To Love
 
A Time To Love
10/18/2005
Millennium Collection - 20th Century Masters
 
Millennium Collection
3/22/2005
Christmas Collection - 20th Century Masters
 
Christmas Collection
9/21/2004
The Definitive Collection
 
The Definitive Collection
10/29/2002
Original Musiquarium I (2 CD) (Remastered)
 
Original Musiquarium I
10/17/2000
Hotter Than July (Remastered)
 
Hotter Than July
5/2/2000
Songs In The Key Of Life (Remastered) (2 CD)
 
Songs In The Key Of Life
5/2/2000
Music Of My Mind (Remastered) [Ltd. Ed. Digi-pak]
 
Music Of My Mind
4/11/2000
Fulfillingness' First Finale (Remastered)
 
Fulfillingness' First Finale
3/21/2000
Innervisions (Remastered)
 
Innervisions
3/21/2000
At The Close Of A Century
 
At The Close Of A Century
11/23/1999
Song Review: Greatest Hits Collection (2 CD)
 
Song Review:
12/10/1996
Motown Legends: I Was Made to Love Her
Motown Legends: I Was Made to Love Her
12/9/1996
Natural Wonder (2 CD)
 
Natural Wonder
11/21/1995
In Square Circle
 
In Square Circle
5/22/1992
For Once In My Life
 
For Once In My Life
2/17/1992
My Cherie Amour
 
My Cherie Amour
2/17/1992
Signed Sealed Delivered
 
Signed Sealed Delivered
2/17/1992
Woman In Red, The  (Soundtrack)
 
Woman In Red, The
2/17/1992
Talking Book
 
Talking Book
12/16/1991
Characters
 
Characters
11/18/1991
Jungle Fever
 
Jungle Fever
9/30/1991
1962 - The Jazz Soul of Little Stevie Wonder

1962 - Tribute To Uncle Ray





             PART TIME LOVER

CHIC






A historia da banda começa em 1970 quando Nile Rodgers e Bernard Edwards se conhecem a acabam por formar uma banda de rock chamada The Boys que posteriormente mudou o nome para Big Apple, nas foram impedidos pelos fato de serem negros. Então, em 1976, eles juntam-se ao ex-percussionista das bandas Labelle e Ecstacy, Passion & Pain Tony Thompson e começam a tocar inicialmente como um trio.
Mas a banda precisava de um vocalista e, no mesmo ano, Norma Jean entre na banda e juntos em 1977 lançam o álbum de estréia. O álbum de estréia foi puro sucesso trazendo canções disco como Dance Dance Dance (Yowsah Yowsah Yowsah) e Everybory Dance. O álbum rendeu à banda logo de cara um disco de ouro.
Logo após o disco de estréia, Nile e Bernard (os "cabeças" da banda) começam a preparar o disco solo de Norma. O disco foi lançado no mesmo ano com o nome de Norma Jean e trouxe o sucesso dançante Saturday. Ao sair da banda, Norma indicou sua amiga Luci Martin para ser a nova vocalista, mas antes de sair da banda Norma participou do histórico disco We Are Family, do quarteto Sister Sledge, que era produzido por Nile e Bernard.
Com a saída de Norma, Luci Martin foi admitida na banda, mas não como vocalista e sim como back up, pois a vocalista Alfa Anderson, que havia trabalhado com a banda no disco de estréia, ganhou o honrado posto.
No mesmo ano de 1978, a banda já com Alfa nos vocais, lança um obra-prima da Disco Music, o álbum C’est Chic, que ganha o disco duplo de platina e traz inesquecíveis canções como I Want Your Love e a imortal Le Freak (maior Hit da banda).
O sucesso foi tanto que ate hoje o disco é o mais vendido da gravadora Atlantic (hoje Warner) com quase 7 milhões de cópias na época. No ano seguinte mais um imenso sucesso, o álbum Risque, que trouxe átona canções eternas como My Feet Keep Dancing, My Forbidden Lover e a grandiosa Good Times, esta última que influenciou a maioria das bandas de disco e funk da época, alem de ter servido como base para as primeiras musicas de Hip Hop. O chic é considerada a maior e melhor banda de Disco de todos os tempos, fora seus álbuns, Nile e Bernard produziram artistas como Sister Sledge, Sheila B. Devotion, Madonna, David Bowie's e Dianna Ross. Alem de influenciarem bandas como a Sugar Hill Gang's, Madonna em especial de os seus hits Holiday, Into To The Groove, Like A Virgin e Erótica a dupla Nile e Bernard, alem da banda Change ser considera (Chic Jr).
Na década de 1980, com a queda da Disco Music, a banda lutou para manter músicas nas paradas e fazer com que seus álbuns vendessem, o fraco sucesso e as baixas vendas levaram ao fim da banda em 1985. Porém, em 1992, a banda se juntou novamente e lançaram o álbum Chic-Ism com a canção Chic Mystique, aclamada pelo público e crítica, levando a banda a uma nova turnê mundial como nos velhos tempos. No mesmo ano, Nile recebeu o titulo de Top Productor World, foi incluído no Hall da Fama dos compositores, mas infelizmente, no dia 18 de abril de 1996 seu eterno parceiro, Bernard Edwards, morreu, vítima de pneumonia aos 43 anos. Mesmo sem ele, a banda continuou com os shows e, em 2003, foi a vez de Thompson, vitima de câncer nos rins no dia 12 de novembro, aos 48 anos.

Discografia:


  1977 - CHIC
  1978 - C'EST CHIC
  1979 - RISQUÉ
  1980 - REAL PEOPLE
  1981 - TAKE IT OFF
  11982 - SOUP FOR ONE
  1982 - TONGUE IN CHIC
  1983 - BILIEVER
  1992 - CHIC ISM




           LE  FREAK


GOOD TIMES

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

TREM DA ALEGRIA







Músicas apresentadas:
É de Chocolate
Carrossel de Esperança
Uni Duni Tê
Dona Felicidade
He-Man
Na Casca do Ovo
Piuí Abacaxi
Thundercats
A Orquestra dos Bichos
Iô-iô
Pra Ver se Cola
Pique-Pega, Pique-Esconde
Xa, Xe, Xi, Xo, Xuxa
De Repente Califórnia
Jaspion-Changeman
Pula Corda
Macarrone
Lambada da Alegria
Lambada Danada
O Lobisomem
Tartaruga Ninja
Alguém no Céu







Trem da Alegria foi um grupo musical infantil criado em 1984 pelo produtor e compositor Michael Sullivan. Fez sucesso entre o público infantil e juvenil entre 1985 a 1992, o grupo lançou oito álbuns, que venderam ao todo aproximadamente seis milhões de cópias.

O Grupo começou em 1984, apenas com Luciano Nassyn e Patrícia M
arx, quando a dupla gravou o disco Clube da Criança com Xuxa e Carequinha. A dupla estourou no Brasil todo com as músicas Carossel da Esperança e É de Chocolate. Em 1985, já formavam um trio incluindo Juninho Bill, e finalmente Trem da Alegria lançou seu primeiro LP, com muitas participações especiais e dois sucessos: Dona Felicidade (com Lucinha Lins) e Uni, Duni, Tê (com The Fevers). No ano seguinte, o grupo aumentou com a entrada de Vanessa e veio o apogeu do grupo. São do segundo disco duas músicas que viraram trilha sonora obrigatória das festas infantis: He-Man e Fera Neném, com Evandro Mesquita fazendo um dueto com Juninho Bill.

Em 1987 Patrícia deixou o Trem da Alegria (reaparecendo mais tarde em carreira solo), mas o sucesso continuou com Piuí Abacaxi (com participação de Xuxa) e com a entrada de Amanda Acosta um ano depois. O grupo foi reformulado em 1989, quando saíram Luciano, já com 16 anos, e Vanessa. A formação passou a ser: Juninho Bill, Amanda Acosta e o novo integrante, Rubinho, que ficaram até o fim do grupo, em 1992. Com a última formação o grupo conquistou 3 discos de ouro e 2 de platina e se apresentou por todo o país e na África.

No ano de 2002 surgiu uma nova formação do grupo cujos integrantes eram: Bárbara - que havia participado do musical Les Misérables que ficou 1 ano em cartaz em São Paulo, João Augusto - que cantava na igreja, Sayuri - que se apresentava no Raul Gil e era campeã de Karaokê e Yago - também calouro do Raul Gil que se apresentava com a família. O grupo gravou dois CDs, um com músicas inéditas e algumas das antigas formações de Trem da Alegria, e um CD-Vídeo com regravações de outros artistas. O novo Trem da Alegria se apresentou em diversos programas de televisão em quase todas as emissoras de TV do Brasil, além de terem ficado em temporada no Teatro Gazeta em São Paulo, com o que eles chamavam de um Pocket Show. Fizeram Shows em Belo Horizonte, São Paulo, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Maranhão, Bahia entre outros lugares. A formação se dissipou no ano de 2004 início de 2005.


 UNI DUNI TE


SUPERFANTÁSTICO

TURMA DO BALÃO MÁGICO








A Turma do Balão Mágico - Volume I (1982)


01. Baile Dos Passarinhos
02. O Pato Cantor
03. A Galinha Magricela
04. Tem Gato na Tuba
05. Cowboy Fora da Lei
06. Pra Você
07. Upa Upa.
08. Charleston
09. A Canção dos Felisbertos
10. Oh Suzana
11. Co-Co-Uá
12. Dança Sim
13. O Trenzinho


A Turma do Balão Mágico - Volume 2 (1983)


01. Superfantástico
02. Ai Meu Nariz
03. Ursinho Pimpão
04. O Meu Avô
05. Você e Eu
06. Seu Felipe Dorminhoco
07. Juntos
08. Gaguejei
09. Amigo e Companheiro
10. Mãe iê


A Turma do Balão Mágico - Volume 3 (1984)


01. É Tão Lindo
02. Quadrinhas e Um Refrão
03. Se Enamora
04. Mãe Me Dá Um Dinheirinho
05. Zip e Zap
06. Bombom
07. Amigos do Peito
08. Meu Mocinho Meu Cowboy
09. Dia dos Pais
10. Tia Josefina
11. Palha de Aço
12. Dia de Festa


A Turma do Balão Mágico - Volume 4 (1985)


01. Barato Bom é da Barata
02. Não Dá Pra Parar a Música
03. Fim de Semana
04. Tic Tac
05. Trem Mineiro
06. Cortaram Meu Verão
07. Chega Mais Um Pouco
08. Garota e Garoto
09. Coração
10. Um Raio de Sol
11. Soldadinho de Chumbo
12. Mochila Azul

A Turma do Balão Mágico - Volume 5 (1986)


01. Roda Roda Pião
02. Boa Vida (Tema do Gato Garfield)
03. Menina
04. Paratchibum
05. Putz O Grande Mágico
06. Flechas do Amor
07. O Cantam as Crianças
08. Felicidade
09. Salsita
10. Você é Música
11. Bate Palma
12. Papabaquigrifismo
13. Travesseiro


  • simony (1982-1986) - Simony foi a única integrante a ser considerada "líder" do Balão. Começou com apenas 5 anos, fazendo par no primeiro LP com Tob. Em 1986, o Balão acabou, e em 1987 fez par com Jairzinho. Simony iniciou a carreira aos 3 anos, quando começou a cantar no Raul Gil. Alguns anos depois, a CBS a chamou para participar do grupo e apresentou-a Tob. Após o 1° LP quase pronto, a dupla conheceu MIKE, o novo integrante da banda para fechar a trupe.
  • tob (1982-1985) - Iniciou o grupo em 1982 junto com Simony e Mike, fazendo estrondoso sucesso; em 1985, saiu ao completar 14 anos. Tob e Simony formavam uma dupla inicialmente, e, com várias músicas românticas ao longo dos 3 LPS em que ele participou, os 2 ficaram sendo o casal do grupo. Quando o Tob saiu, a responsabilidade pelo par romântico ficou com Jairzinho, e esse par durou 2 LPS (Mais tarde formaram uma dupla). Tob entrou no Balão graças a seus dotes musicais, que desenvolvera desde pequeno. Para entrar na banda, ele fez um teste e conseguiu. Em 1985, gravou junto com a Turma uma música para o LP Grandes Nomes da MPB Especial.
  • mike (1982-1986) - filho de Ronald biggs.Iniciou o grupo em 1982 junto com Simony e Tob, e continuou até o final do grupo, apesar de sua pouca participação no último LP. Mike entrou para o Balão graças a uma grande aventura, já que seu pai fora sequestrado e Mike fez um apelo pela Tv para que libertassem Ronald biggs. O plano deu certo e o final feliz da história fez Mike entrar para o grupo.
  • Jairzinho (1984-1986) - filho do cantor Jair Rodrigues, iniciou em 1984 e continuou até 1986. Com a saída de Tob, Jairzinho ficou com o vocal principal. Jairzinho ficou famoso após um show no Maracanã, que iria fazer com Pelé, mas acabou fazendo-o sozinho. E conquistou o público.
  • Ricardinho (1985 - 1986) - substituiu Tob, mas teve pouca participação efetiva no grupo. Na maioria das músicas do quarto disco, Ricardinho faz apenas pontas: Tic Tac, Trem Mineiro, entre outras. Existe também uma música extra com Fábio Júnior que Ricardinho e a Turma gravaram, sendo esta uma das poucas canções em que a presença dele é significativa.
  •  Após algumas remodelagens, o Balão sofreu drasticamente com as formações no ano de 1986. No programa, Mike saíra, e Marcinho o substituíra. Nisso, ficou apenas Simony da formação original, e na banda, ficou: Simony, Jairzinho, Mike e Ricardinho. Mas nessa época o Balão Mágico saía da TV, então os integrantes se separaram. A banda, ainda ativa, sofreu bastante pelo fim do programa, e a formação foi "arranjada". Simony, Jairzinho e, ao invés de Mike e Ricardinho, quem entrava nos shows eram: Luciana, prima da Simony, e a irmã do Jairzinho (Também chamada Luciana). Mike estava deixando a vida infantil, e por isso sua participação foi diminuída. Já nos anos de sucesso do Balão, em 1982,1983 e 1984, os shows eram sempre com Simony, Tob e Mike, e Jairzinho, mesmo depois de entrar em 84, nunca participava da turnê. Luciana ficava apenas no programa, e Fofão ajudava as crianças a cantar. Quando Fofão saiu, foi "substituido" por Cascatinha, uma criança dentuça e um pouco feia. Simony e Tob eram par romântico nos discos em que este participou (1,2 e 3), gravando algumas canções de sucesso como PR VOCÊ, SE ENAMORA (Uma das músicas de maior sucesso no grupo) e MÃE ME DÁ UM DINHEIRINHO, entre outras.
    No ano de 1985, passou o cometa Halley na Terra, e com ele o Halleyfante, um tipo de robô elefante que viera para brincar com a Turma. No mesmo ano, a CBS retiraria Tob da banda, e colocando no lugar Ricardinho. Um dos fatores para tal mudança seria o crescimento do integrante (Completaria 14 anos) e a mudança de voz repentina, sinal de que já estaria entrando na adolescência. Após a saída de um dos integrantes originais, chegou a vez de Jairzinho assumir o vocal principal/romântico. Saíram músicas bonitas, como Coração e Garota e Garoto. Mas Jairzinho começou a cantar na reta final do Balão, e por isso só durou 2 discos dos 5 lançados. É que, com a mudança na formação e o fator desgaste, as vendas abaixaram. Em 1986, a CBS mudaria o Balão para a Som Livre, sendo o 5º disco o último. Neste LP, ocorreu algo interessante.
    Mike estava crescendo, mudando os gostos, saindo da infância. Ricardinho também. Com base nisso, a CBS apostou apenas em Jairzinho e Simony para o último CD, e apelou para um ritmo mais juvenil. A falta de divulgação e as músicas melodramáticas do CD fizeram deste o LP mais fraco do grupo (Principalmente para as crianças). Mike e Ricardinho participam apenas do Coral. O que diferenciou esse LP do primeiro do grupo (que também conta apenas com Simony e Tob, e apenas uma música de Mike) foi que o de 1982 tinha músicas conhecidas, mais alegres e menos juvenis. Com a fraca renda do novo disco, e o crescimento visível das crianças, a CBS acabava com A Turma do Balão Mágico em 1986.
    Um ano depois, ela voltava com uma versão mais estruturada do último LP do Balão, mas dessa vez não tinha o manto voador. Se intitulava JAIRZINHO E SIMONY, e teve razoável sucesso sendo até regravado em espanhol. Mas tal dupla apenas contou com 1 LP.
    Mais tarde, o Trem da Alegria estorara, e, em 1988, a Nova Turma chegara. Não teve o mesmo sucesso, e acabou em 1990.


SUPERFANTÁSTICO



AMIGOS DO PEITO

JOSÉ AUGUSTO






 

Filho único de Sofhia Cimillo Cougil e Augusto Cougil Novoa, aos 8 anos começou a estudar piano, harmonia e solfejo no conservatório nacional de música do Rio de Janeiro. Logo depois ganha um piano de presente do pai para praticar em casa. Com 12 anos ganhou o primeiro violão, e aprende a tocar o básico.
Aos 14 anos participou do festival de música de Santa Teresa quando recebeu o seu primeiro prêmio como melhor interprete do festival. Dos 14 aos 17, fez testes em quase todas as gravadoras do Brasil sendo reprovado em todas, até que conseguiu uma nova chance com o produtor Renato Correia, integrante do grupo Golden Boys tendo assim a oportunidade de cantar com a osquestra do maestro Gaya, sendo aprovado e pronto para gravar seu primeiro disco.
A carreira do cantor e compositor começou em 1972, quando ele levou uma fita de suas músicas na então gravadora EMI.
O produtor de discos Renato Correia, logo percebeu o talento de José Augusto, e imediatamente recomendou sua contratação. Em 1972 teve sua primeira composição gravada por Cauby Peixoto. No mesmo ano gravou um compacto simples como teste. Em 1973 gravou o seu primeiro disco oficial com a música "De Que Vale Ter Tudo Na Vida" com vendagem de um milhão de cópias

Álbuns:
1973 – Eu Quero Apenas Carinho
1974 – Palavras, Palavras…
1975 – Não tem Problema
1976 – Fascinação
1977 – José Augusto
1978 – Doce Engano
1979 – Consejo de Amigo
1979 – José Augusto
1980 – José Augusto
1980 – O melhor de meus amigos
1981 – José Augusto
1982 – Santa Teresa
1982 – Mulher
1983 – José Augusto
1984 – José Augusto
1985 – Fantasias
1985 – José Augusto
1986 – Sábado
1988 – José Augusto
1990 – Aguenta coração
1995 – Em corpo e alma
1996 – El Vendaval
1998 – Millennium
2008 – Sempre
2008 – Agüenta Coração [Ao Vivo]



                          CHUVAS DE VERÃO


SONHO POR SONHO